Livros Publicados
  
ADMINISTRAÇÃO DO CAPITAL DE GIRO


Os autores preenchem a lacuna de livros técnicos sobre a administração do capital de giro na literatura nacional. Desenvolvem os conceitos e técnicas de capital de giro ajustados à realidade brasileira, focalizando instituições, transações típicas e características da economia nacional.

Pesquisas têm evidenciado que mais da metade do tempo gasto por um executivo financeiro concentra-se na administração da capital de giro. Por isso, o enfoque amplo e moderno deste livro envolve as três grandes visões do tema: a integrativa, a específica e a de financiamento. São ainda inseridas variáveis referentes às técnicas de gestão, risco, tomada de decisões e repercussões da inflação sobre os resultados correntes das empresas.

Os autores enfocam Fluxos de caixa, Análise e dimensionamento dos investimentos em capital de giro, Administração do disponível, Administração de valores a receber, Análise e controle de valores a receber, Administração financeira de estoques e avaliação da decisão de estocagem.

    
APRENDENDO CONTABILIDADE

Aprendendo Contabilidade é um livro texto de contabilidade em que o propósito principal é descrever o que é a contabilidade, para que serve, como se faz e finalmente como se interpreta a contabilidade. O texto traz a abordagem introdutória do conceito contábil, sua estrutura conceitual básica e as demonstrações contábeis.

Com relação ao método de ensino contábil, o livro dá ênfase na Escola Americana, em que as demonstrações são conhecidas e estudadas antes do método de registro contábil. Entretanto, também será abordada a Escola Italiana, em que o registro contábil acontece antes do momento do entendimento do conjunto das demonstrações contábeis.

Para um leigo no assunto, o livro traz, de forma didática e evolutiva, os conceitos fundamentais para se aprender contabilidade de maneira simples, prática e objetiva. É indicado para o aluno ingressante em cursos de ciências contábeis, administração de empresas, economia, direito, engenharia, e áreas afins.

Também é indicado para os profissionais que já atuam no mercado. O texto auxilia, principalmente, os profissionais que atuam em áreas próximas à contábil, e que, por algum motivo, necessitam do entendimento contábil de maneira rápida e de conteúdo atualizado.

              
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA


O livro apresenta um conteúdo bastante atual e que permite fundamentar uma boa tomada de decisão financeira. O texto explica os fundamentos de Finanças Corporativas inseridas no ambiente econômico atual, cobrindo todas as decisões financeiras da empresa ordena.

Além disso, aborda as decisões de sustentabilidade e responsabilidade social, os objetivos da empresa, mercados financeiros, formação das taxas de juros no mercado, avaliação de ações e títulos de renda fixa, investimentos empresariais, estratégias e direcionadores de valor, endividamento das empresas, riscos de mercado, uso de derivativos na gestão de riscos, avaliação de empresas e medidas de valor, entre outros assuntos atuais e fundamentais das Finanças Corporativas.

Livro é amplamente ilustrado através de exercícios e casos práticos, e descrições de situações reais.

              
DIVIDENDOS - TEORIA E PRÁTICA

Um Enfoque Econômico-Financeiro

Os dividendos estão em alta, e as empresas vêm demonstrando enorme vontade em remunerar seus investidores distribuindo mais lucros. É bastante comum, no Brasil, as companhias distribuírem percentuais de dividendos em relação aos seus lucros acima do mínimo exigido pela lei das sociedades por ações.

Em verdade, a obrigação de distribuição mínima de dividendo prevista na legislação societária não é de todo elogiável. Foi idealizada com o intuito básico de proteger o acionista, principalmente o minoritário, porém não acompanha geralmente a realidade e o estágio de desenvolvimento da empresa. A realidade tem demonstrado que esse percentual compulsório de distribuicão é muitas vezes superado pelas companhias e, outras vezes, constitui-se em um excesso diante das oportunidades de investimento disponíveis.

Em ciclos de crescimento da atividade, as empresas corretamente incentivam seus investimentos, reduzindo em consequência a distribuição de seus lucros. Ao impor um dividendo mínimo obrigatório, a legislação pode inibir o crescimento sustentado das companhias. Conforme o ciclo de crescimento se torna mais maduro, apresentando maior estabilidade, naturalmente os dividendos são elevados. As empresas tendem a priorizar seus investimentos para crescer, e depois promovem distribuições mais elevadas dos lucros. A idéia é que os pagamentos de dividendos devem ser definidos pelas próprias companhias, de acordo com o estágio de desenvolvimento em que se encontram. Modelos mais liberais e voluntários de dividendos costumam se adequar melhor a realidade de crescimento de cada negócio. 

         
ESTRUTURA E ANÁLISE DE BALANÇOS
Livro Texto

Livro Exercícios

Um Enfoque Econômico-Financeiro

O estudo da estrutura de balanços e sua análise têm sofrido evolução conceitual e prática, no sentido de abranger esquemas de interpretação que não se limitem aos indicadores horizontais e verticais, bem como ao cálculo de índices tradicionais. Esta edição considerou os principais avanços que ocorreram no instrumental de avaliação de empresas e buscou atender a uma necessidade crescente de os analistas adquirirem visão ampla da matéria.

Objetivou-se também introduzir técnicas mais aprimoradas de análise econômico-financeira, envolvendo estudos avançados sobre a rentabilidade, formulações analíticas de desempenho, mobilidade econômica e financeira de um negócio, estrutura de liquidez e análise dinâmica do capital de giro. Destaque ainda deve ser dado ao estudo da metodologia de apuração do valor econômico agregado, moderno indicador do sucesso empresarial, e à metodologia de análise de bancos.

Dividido em cinco partes, o livro aborda a análise de balanços de empresas comerciais, industriais, de serviços e bancos comerciais e múltiplos, permitindo melhor compreensão da posição atual e tendências futuras. A Parte I aborda os vários aspectos internos (formas jurídicas e classificação das empresas, órgãos representativos, valores mobiliários, decisões financeiras e objetivos da empresa) e externos (interligação entre o sistema econômico e as empresas, mercados etc.), além de fazer considerações sobre os usuários da análise de balanços. A Parte II dispensa um tratamento mais analítico às várias demonstrações contábeis, enfocadas como os insumos básicos da análise de balanços.

A estrutura das várias demonstrações engloba extenso número de situações práticas normalmente identificadas nas empresas brasileiras, permitindo melhor compreensão da evolução das empresas. A Parte III, além de desenvolver o instrumental intermediário da análise de balanços, aborda, de forma mais extensa, os critérios da análise e os ajustes necessários nos demonstrativos. Os capítulos desta parte estudam análises horizontal e vertical, alavancagem operacional, financeira e total, avaliação dos ativos e passivos permanentes, ativo circulante, ciclo operacional e liquidez.

A Parte IV inclui um instrumental mais aprimorado da análise econômico-financeira, envolvendo estudos avançados sobre a viabilidade econômica e financeira das empresas. Aborda também a apuração e interpretação da taxa de atratividade e dimensionamento do valor econômico agregado. A Parte V trata da análise de balanços de instituições financeiras, centrando o estudo em bancos comerciais e múltiplos.

Diante da destacada importância desse segmento de negócios na atual conjuntura, considerou-se relevante sua inclusão no livro, permitindo maior capacitação no processo de análise de empresas.

         
FINANÇAS CORPORATIVAS E VALOR

Com a estabilização monetária ocorrida na economia brasileira a partir de 1995, a inflação, ainda que presente em reduzida escala nas decisões empresariais, deixou de figurar como a maior preocupação das finanças corporativas no Brasil.

Outras características típicas de nosso ambiente econômico ganharam maior destaque, como baixa oferta de crédito, principalmente de longo prazo, as altas taxas de juros, aspectos criticáveis da legislação fiscal e societária brasileira, política de dividendos e a figura dos juros sobre o capital próprio, desequilíbrios na estrutura de capital das empesas. Portanto, o objetivo deste livro, sem ignorar por completo a inflação, é priorizar o estudo das finanças corporativas dentro do contexto econômico brasileiro.

Enfoca especialmente o tratamento dispensado à mensuração do valor gerado aos acionistas pelas decisões financeiras e a seus direcionadores de valor. Para melhor aproveitamento de quem inicia nessa área, a obra oferece também as idéias básicas de como são geridas as finanças das empresas no contexto dos objetivos assinalados.

Em seus 28 capítulos, destacam-se os seguintes tópicos: estudo conceitual da administração financeira; visão do ambiente financeiro brasileiro; base conceitual da gestão de valor; moderna visão de risco, retorno e custo de oportunidade; decisões de investimentos em condições de risco; e avaliação econômica das empresas.

           
FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

O ideal de um livro introdutório é que apresente um conteúdo essencial da disciplina e consiga, ao mesmo tempo, estimular o estudante para o aprendizado. Um livro de Fundamentos deve também desvendar os conceitos básicos da matéria e priorizar extensões práticas para melhor aproveitamento da leitura.

Todas essas preocupações estiveram presentes neste Fundamentos de Administração Financeira, elaborado como o primeiro livro da área de estudo de Finanças destinado ao leitor que inicia seus estudos nessa área, porém exigindo uma formação atualizada e aprendizado dinâmico. A obra oferece, em seus 22 capítulos, todo o conteúdo programático recomendado para uma disciplina introdutória de Finanças em cursos superiores, abordando o que há de moderno e atual no assunto, como riqueza e criação de valor, gestão de risco e derivativos, conflitos entre agentes, decisões financeiras, custos de oportunidade, valuation, focando sempre nos estudos a realidade brasileira.

O livro foi escrito seguindo os principais avanços verificados no campo das Finanças. Os autores utilizaram a experiência como docentes e de colegas consultados ¿ acadêmicos e profissionais de mercado ¿ para identificar como deveriam ser tratados não só os assuntos incluídos na obra, como também as principais dificuldades enfrentadas pelos estudantes em cursos introdutórios de Finanças. Todo esse conjunto de informações foi de grande utilidade para o desenvolvimento do projeto do livro, que segue os principais avanços verificados na área financeira.

Livro-texto para as disciplinas Introdução à Administração Financeira, Administração Financeira, Estrutura e Orçamento Empresarial de cursos de graduação, como em Economia, Administração de Empresas e Ciências Contábeis. Leitura complementar para as disciplinas Mercado Financeiro e Derivativos, Contabilidade Avançada e Matemática Financeira. Obra recomendada para reciclagem a todos que estudaram a matéria e necessitam de uma revisão e atualização de seus principais conceitos e técnicas, bem como para profissionais, de diferentes áreas, que desejam iniciar seus estudos em Finanças Corporativas.

           
INTRODUÇÃO À CONTABILIDADE

Este livro é o resultado de experiências vividas pelos autores em salas de aulas, ministrando as disciplinas de contabilidade introdutória e geral para os cursos de ciências contábeis, administração e economia. A compilação de todo o material acumulado e aplicado em sala resultou num material didático em que ilustra o ensino da contabilidade como importante instrumento de gestão.

Até o Capítulo 7 a obra retrata a base conceitual da contabilidade para um público iniciante, enquanto o 8 faz uma abordagem de forma diferenciada da contabilidade, ou seja, a contabilidade aplicada a gestão baseada em valor.

Toda a estrutura do livro atende em sua plenitude o conteúdo das disciplinas básicas para os primeiros anos do curso de ciências contábeis e demais cursos que utilizam essa disciplina como base no aprendizado.

                   
INVESTIMENTOS EM AÇÕES

O livro descreve o mercado de renda variável em todas as suas operações, desde as mais simples até as mais complexas, destacando as técnicas modernas de análise de investimentos em ações e a qualidade dos conceitos. O preço de uma ação é subjetivo, baseado em expectativas futuras. Em verdade, é nisto que consiste a beleza do mercado. Se todos os preços estivessem perfeitamente ajustados e o mercado fosse plenamente eficiente, não se verificariam oportunidades de ganhos. Nenhum investimento seria atraente, e os investidores não seriam motivados a comprar e vender ações. Sendo os preços formados em consenso, o mercado seria monótono ou, talvez, nem existiria.
O livro se propõe a explicar os conceitos do mercado de ações, a desenvolver suas técnicas de análise, discutir com detalhes os aspectos de risco e descrever as mais importantes recomendações aos investidores. O livro trata dos principais aspectos do mercado de ações, seu funcionamento, produtos financeiros e formas de investimento, e análise do risco. A obra destaca, ainda, a prática do mercado financeiro brasileiro,descrevendo seus aspectos operacionais de investimentos em bolsas de valores, como o cálculo e recolhimento de impostos incidentes sobre as operações com ações, emolumentos e taxas cobradas pela bolsa de valores, entre outros.

APLICAÇÃO
O livro está dirigido a todo leitor, das mais variadas formações e experiências profissionais, que deseja entender os mecanismos, conceitos e técnicas fundamentais dos investimentos em ações. Pode ainda ser utilizado como material de referência para cursos profissionais e de extensão em Investimento em Ações. Leitura complementar para a disciplina de MERCADO DE CAPITAIS de cursos de graduação.
O objetivo das Bolsas de Valores é o de criar um ambiente de negócios que estimule o interesse dos investidores em ações e promova ainda uma valorização dos papéis negociados. Os mercados de ações costumam obedecer a lei da oferta e procura: quando a demanda superar a oferta, os preços sobem; ao contrário, quando o interesse pelas ações caírem o desejo de venda aumenta e os preços se desvalorizam. O mecanismo de oferta e procura por ações é determinado pelo ambiente de negociação dos papéis em bolsa, pelas condições da economia (juros, taxa de crescimento econômico etc.) e percepções dos investidores com relação ao risco e desempenho da empresa.
Este livro foi desenvolvido com o objetivo de ser um guia para investimentos em ações, oferecendo a todos os investidores os conhecimentos mínimos necessários para suas decisões financeiras. É destinado a todos que desejam aprender ou aperfeiçoar seus conhecimentos sobre Investimentos em Ações no Brasil, e também para aqueles que precisam de algum apoio conceitual e prático para orientar seus investimentos. O livro trata do ambiente dos negócios com ações e oferece os conhecimentos relevantes e necessários para participar dos negócios em Bolsas de Valores. Está escrito em forma simples, com inúmeros exemplos ilustrativos e situações práticas do mercado financeiro destacadas em boxes. Apesar desta preocupação com a facilidade em sua leitura, manteve-se em todo o livro a preocupação em oferecer um moderno nível de conhecimento, evitando o superficial.

               
INVESTIMENTOS NO MERCADO FINANCEIRO USANDO A CALCULADORA HP 12C


O livro tem por objetivo principal desenvolver as aplicações dos recursos disponíveis na calculadora HP 12 C na solução quantitativa dos principais problemas financeiros. De forma original, são apresentados os fundamentos de programação e disponibilizados programas aplicados ao mercado financeiro e desenvolvidos em linguagem própria da calculadora. 

O conteúdo do livro permite ainda que o leitor desenvolva programas financeiros na HP 12 C aplicados às diferentes operações do mercado, conseguindo com isso ajustar a solução financeira a um programa sob medida.

                   
MATEMÁTICA FINANCEIRA E SUAS APLICAÇÕES

Este livro foi escrito com o intuito não somente de cobrir os fundamentos teóricos da Matemática Financeira, como também de desenvolver suas principais aplicações práticas. As extensas aplicações da matéria são processadas de forma a adaptar o conhecimento teórico a uma situação prática, não havendo preocupações maiores com relação aos detalhes normativos da operação, bastante mutáveis em nossa economia.

Cada capítulo é ilustrado com farta quantidade de exercícios resolvidos, ilustrações e exemplos, considerados parte integrante da aprendizagem. Ao final de cada capítulo, são propostos diversos exercícios para solução, sendo bastante recomendável que os estudantes tentem resolvê-los. Toda relação de exercícios propostos vem acompanhada de suas respectivas respostas para melhor orientar o estudo.

                  
MERCADO FINANCEIRO

Oferece uma visão ampla e moderna dos mercados financeiros e de capitais, abordando o funcionamento de suas instituições e operações financeiras e estudando os principais modelos de avaliação dos ativos negociados e de seus riscos. 


    O livro procura, em essência, esclarecer as seguintes questões:

  • como funcionam os mercados financeiros;
  • como são avaliados os principais instrumentos financeiros negociados
    no mercado;
  • como são tomadas as decisões financeiras e estabelecidas as
    estratégias de investimentos;
  • como utilizar os mercados financeiros e de capitais na gestão de
    risco.
                  
MERCADO FINANCEIRO -Exercícios e Prática

O livro foi desenvolvido com o objetivo principal de oferecer uma forma prática de estudar o mercado financeiro, seus conceitos fundamentais, técnicas e operações financeiras. "Mercado Financeiro - Exercícios e Prática" é um livro para ser utilizado por todos que tenham interesse em estudar o mercado financeiro nacional, e consolidar seus conhecimentos sob um enfoque prático. 

                  
RETORNO DE INVESTIMENTO: Abordagem Matemática e Contábil do Lucro Empresarial

Este é um livro pioneiro sobre o retorno de investimento das empresas por discutir simultaneamente conceitos das áreas de Contabilidade e de Finanças. Os cálculos financeiros permitem analisar a viabilidade econômica de projetos antes da tomada de decisões. Após esse momento, e considerando-se a empresa em marcha, essas análises continuam a partir dos relatórios contábeis.

Aborda os principais critérios de análise de investimento, como TIR, VPL e payback, e discute outras formas alternativas para cálculo da TIR Modificada, do VPL Modificado e de payback ajustados. Apresenta as principais metodologias de apuração do lucro contábil, como custo histórico, corrigido, corrente e de acordo com o FASB e o GECON, bem como os principais indicadores contábeis, como ROI, ROE, ROA, EVA, MVA, alavancagem financeira.

E, por fim, concilia a TIR com o ROI, e o VPL com o EVA, tema que ganhou o 1° prêmio no XV Congresso Brasileiro de Contabilidade em 1996 e foi apresentado em plenário no VIII Congresso Mundial de Contabilidade em Paris, França, em 1997. 

                  
VALUATION: Métricas de Valor & Avaliação de Empresas


Os temas valuation e criação de valor passaram a ter maior importância no Brasil principalmente após o período de privatizações de empresas e abertura econômica, ocorrido a partir da década de 1980. A globalização demonstrou na prática que as empresas devem apresentar capacidade de produzir valor econômico para atrair investimentos e para justificar sua existência econômica. Esta realidade trouxe novos parâmetros para a avaliação de empresas no Brasil, tornando o valor apurado mais confiável e próximo dos investidores.

O principal objetivo deste livro é o de tratar as métricas de valor e valuation de forma moderna, crítica e utilizando técnicas e conceitos atuais. A obra contém 12 capítulos, que estão organizados em uma sequência lógica e ordenada dos assuntos.

Os dois primeiros capítulos desenvolvem os fundamentos da Gestão Baseada em Valor e das medidas financeiras de avaliação de desempenho dos negócios. Os Capítulos 3, 4 e 5 abordam o custo de capital e a estrutura de capital, assuntos relevantes para a avaliação de empresas. Os Capítulos 6, 7 e 8 apresentam os conceitos, as formulações e as aplicações das principais medidas de valor econômico.

As metodologias e técnicas de avaliação de empresas são tratadas nos Capítulos 9, 10, 11 e 12. Nos dois últimos, são desenvolvidos diversos casos ilustrativos de avaliação de empresas, abordando cada um deles uma situação relevante.

Obra recomendada para analistas financeiros, consultores, gestores e profissionais de mercado que procuram se atualizar com o tema valuation e criação de valor. Leitura complementar para diversas disciplinas oferecidas em cursos superiores de Economia, Administração e Contabilidade, e também para cursos de pós-graduação – MBA lato sensu. 

                  
  
Copyright © 2004 - Instituto Assaf. Todos os direitos reservados.